(Fonte da imagem: Renewable Power News)

Pesquisadores da Universidade de Exeter afirmam ter inventado o material condutor de eletricidade mais transparente, leve e flexível do mundo. O novo material foi batizado de GraphExeter e pode substituir o Índio, um dos principais elementos usados na eletrônica e que pode estar com seus dias contatos devido a falta de abundância na natureza.

O GraphExeter é feito de duas camadas de grafeno, com moléculas de cloreto férrico entre elas. De acordo com o relatório dos pesquisadores, o cloreto férrico melhora muito a condutividade elétrica do grafeno, mas não afeta sua transparência.

Os inventores acreditam que o GraphExeter é mais flexível que o Índio. Devido as suas características transparentes e flexíveis, o GraphExeter poderia ser usado em uma ampla variedade de dispositivos eletrônicos, incluindo produtos tradicionais, como computadores, telefones, painéis solares, e também em produtos eletrônicos vestíveis, como camisetas digitais. O elemento pode  criar  “espelhos inteligentes”.

Segundo os pesquisadores, o GraphExeter é a primeira alternativa real para o Índio. Acredita-se que as fontes do material devem se esgotar até  2017. O grupo de pesquisa está desenvolvendo uma versão em spray do GraphExeter que poderia ser aplicado em tecidos, espelhos e janelas. Não há informações sobre a previsão de disponibilidade comercial do novo material. 

Fonte: Toms Hardware

Cupons de desconto TecMundo: