Por mais que o mercado de computadores pessoais mude um pouco a cada ano, um elemento tem se mantido estável: o lançamento anual de GPUs cada vez mais poderosas. Portanto, não é de se estranhar que a NVIDIA já esteja trabalhando nos retoques finais da GeForce GTX 880, cujas primeiras imagens não oficiais foram divulgadas esta semana na internet.

Embora ainda haja alguma discordância quanto ao fato de a nova geração de chips Maxwell empregarem uma arquitetura de 28 ou 20 nanômetros, é quase certo que a nova placa deve adotar 8 GB de memória RAM com um bus de 256 bits. Fotografias divulgadas pelo site Videocardz mostram uma semelhança de tamanho entre o novo chip produzido pela companhia (conhecido como GM2xx) e o GK 110 — o que reforça os indícios de que uma arquitetura de 28 nanômetros será usada.

Dessa forma, baseado no que sabemos sobre a série Maxwell, o novo produto da NVIDIA deve incorporar muitos mais núcleos do que o que foi visto na GTX 680 e na GTX 770 ou deve optar por um cache L2 com tamanho substancial. Quando trabalhou no chip GM107, a empresa mudou o cache L2 de 256 KB para 2MB, e não é de se espantar que essa quantia chegue a 4 MB em breve.

Ainda não se sabem todos os detalhes da nova geração de GPUs da fabricante, tampouco está certo qual será a evolução gráfica proporcionada por ela no momento. No entanto, está praticamente certo que o resultado dessa iteração poderá ser conferido pelos consumidores a partir do quarto trimestre de 2014.

Cupons de desconto TecMundo: