De acordo com um estudo da Jon Peddie Research (JPR), a NVIDIA registrou um modesto crescimento em sua participação no mercado de GPUs. Ao passo que isso aconteceu, os números da AMD nesse indicador caíram de forma diretamente proporcional. No último trimestre de 2016, a NVIDIA detinha 70,5% do mercado contra 70,2% no trimestre anterior.

Esses 0,3% de aumento desapareceram dos indicadores da AMD. A empresa foi de 29,8% no terceiro trimestre de 2016 para 29,5%. Realmente, é uma mudança bem modesta de um trimestre para o outro, mas considerando que temos somente essas duas companhias dominando o mercado, qualquer variação já é interessante.

Ainda assim, na comparação desse último trimestre de 2016 com o mesmo período do ano passado, quem perdeu mercado foi a NVIDIA. O “time verde” tinha 78,3% de participação de mercado enquanto a AMD ficava com 21,6%.

Add-in vs. integrada

A noção boba de que o mercado de GPUs integradas estaria alcançando o de add-in provavelmente vai ser abandonada

Vale ressaltar ainda que, de acordo com a JPR, o mercado de placas de vídeo “add-in” (que são inseridas separadamente em computadores) é o que realmente tem feito esse mercado crescer, não o de GPUs integradas. “O mercado de placas add-in tem definido o segmento por mais de um ano, mostrando crescimento enquanto o mercado geral de PCs diminui. A noção boba de que o mercado de GPUs integradas estaria alcançando o de add-in provavelmente vai ser abandonada”, disse Dr. Jon Peddie, presidente da JPR.

Por fim, o relatório da JPR afirma que o mercado de placas de vídeo cresceu 5,6% do terceiro para o quatro trimestre de 2016, contra 19,4% de aumento no mercado de PCs nesse período. Note no gráfico, entretanto, que o de placas tem se mantido mais estável, enquanto o de computadores se recupera de uma acentuada queda. 

Cupons de desconto TecMundo: