Conhecida por suas câmeras de ação, a GoPro passará a fabricar seus produtos no Brasil. Com a iniciativa, o modelo Hero 3+ Black Edition passa a ter preço sugerido de R$ 1.699, uma redução de cerca de 30% em relação ao modelo importado legalmente, que sai por volta de R$ 2,4 mil.

Não se sabe quem vai fabricar as câmeras, mas especula-se que seja a Foxconn, que tem 10% das ações da GoPro. De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, a companhia já tem parcerias com redes varejistas como Ponto Frio, Fnac, Fast Shop e Submarino.

Em janeiro, deve chegar ao país o modelo Hero 4, cujo modelo topo de linha filma em 4K. Nos Estados Unidos, ela custa US$ 500 (a Hero 3+ Black Edition sai por US$ 400). As câmeras da GoPro são conhecidas por serem resistentes e fáceis de manusear, sendo possível até mesmo filmar dentro d'água a uma profundidade de 40 m. Conquistou principalmente os amantes de esportes radicais.

Com uma ascensão meteórica, a GoPro se tornou a líder no setor de câmeras digitais de vídeos em 2013, com 30,4% do mercado mundial, desbancando ninguém menos que a Sony, que teve 20,8%. No entanto, no segmento de câmeras de ação, do qual a GoPro é quase sinônima, sua participação é de 47,5%, contra apenas 6,5% da Sony.

A companhia abriu seu capital em junho e, desde então, o valor dos papéis triplicaram. O valor de mercado da GoPro é de US$ 9 bilhões. O fundador é um ex-surfista, Nick Woodman, que teve a ideia de criar uma câmera que pudesse ser presa ao pulso e filmar suas manobras.

Especificações GoPro Hero 3+ Black Edition

  • Óptica: lente de cristal asférica F/2.8 de 6 elementos, ultra grande angular
  • Resolução de foto: 12 MP
  • Vídeo: 4K em 15 qps, 2,7K em 30 qps e 1080p em 60 qps
  • Bateria: íon lítio recarregável de 1180 mAh

Cupons de desconto TecMundo: