Anunciada em setembro pela GoPro, a câmera Hero5 Black tem um recurso que não foi muito propagado durante seu anúncio oficial. Conforme revelado oficialmente no último domingo (20) pela fabricante, o dispositivo chega às lojas com a capacidade de sobrescrever informações nos vídeos que você capturar.

O “recurso de telemetria”, como é chamado pela companhia, pode mostrar dados como velocidade de deslocamento, altitude e força g a partir de dados retirados do GPS interno da câmera. A Hero 5 Black também pode gerar um mapa de seu deslocamento a partir as informações coletadas, cuja ordem e tamanho de exibição podem ser ajustados pelos consumidores.

Para acessar o recurso, você vai ter que usar o software de edição Quik

Vale notar que a GoPro não é a única a oferecer um recurso do tipo — as câmeras da Garmin já contam com a opção desde 2014 — e o dispositivo trabalha com uma limitação: os dados só podem ser inseridos nos vídeos mediante o uso do editor Quik para desktops. Essa exigência deve fazer com que muitos consumidores optem por produtos de rivais simplesmente para não ter que lidar com a burocracia de abrir o software para obter os resultados desejados.

Também é preciso prestar atenção ao fato de que o recurso atualmente é restrito à Hero5 Black e não estará presente na Hero5 Session, visto o fato de o gadget não ter um GPS interno. Embora o recurso não seja revolucionário, é bom ver que a GoPro está pensando em maneiras interessantes de trazer mais versatilidade a seus produtos — mesmo que esse processo nem sempre seja feito da maneira ideal.

Cupons de desconto TecMundo: