Quem acompanha notícias sobre tecnologia sabe que a Google é uma das maiores empresas do mundo no ramo atualmente, e deve estar ciente também que quem trabalha para a companhia tem diversos privilégios e regalias para trabalhar mais feliz. E apesar de existir quem reclame de algumas coisas lá dentro, alguns analistas de programa parecem estar muito felizes com seus empregos, de acordo com um tópico no Quora.

Uma questão levantada no site de perguntas indagava se engenheiros de software haviam tido alguma experiência tediosa ao trabalhar na Google. Alguns ex-funcionários e empregados atuais da companhia responderam que não há nada de tedioso no trabalho que fazem ou fizeram devido à grande influência que suas ações têm no desenvolvimento do que é possivelmente a maior força da internet.

O analista Thiago Ruback respondeu no tópico que seu trabalho é não apenas saber exatamente como a ferramenta Google Search funciona, mas também ter a oportunidade de melhorá-la; às vezes falar sobre a possibilidade de usar terabytes de RAM, “brincar” com “toda” a web como uma forma de melhorar seus projetos; trabalhar com pessoas dez vezes mais inteligentes que ele; ver uma grande parte do mundo ser impactada pelas linhas de códigos que escreve. Para ele, isso tudo é o oposto de tedioso.

Eddie Aftandilian, outro analista, explicou que a empresa tem tantos recursos à disposição dos funcionários que torna até mesmo a tarefa de procurar por falhas no código do Java em algo interessante. “Minha equipe trabalha com a linguagem Java no Google... nós decidimos como o código do Java deve se parecer no Google”, comentou ele no tópico.

“Se quisermos nos livrar de uma função ou de um API que nós acreditamos ser um erro, nós podemos fazer isso. Se quisermos prevenir um certo tipo de bug de aparecer no código do Google, também podemos. Se acreditamos que uma mensagem de erro de compilador de erros é confusa, podemos fazer mudanças para corrigi-la. A Google tem um repositório de códigos gigantesco e ferramentas para analisar isso tudo. É o maior playground do mundo para qualquer um interessado em análise de programas.

No entanto, isso não quer dizer que tudo é uma maravilha desde o começo. O ex-funcionário Jeff Nelson explicou que primeiro é preciso mostrar serviço por cerca de 18 a 24 meses antes de poder iniciar um projeto, por exemplo. Ele contou que conheceu grandes desenvolvedores de infraestrutura e líderes de projetos que trabalhavam em outras companhias e que começaram na Google como analistas juniores, consertando bugs e participando de projetos muito aquém de suas capacidades.

Você acredita que um ambiente de trabalho com muitas comodidades tornaria suas funções mais prazerosas ou isso seria uma distração muito grande? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: