A Google foi uma das empresas prestadoras de serviços que se solidarizou com o povo francês durante e após os ataques terroristas que deixaram mais de 140 mortos em Paris na noite desta sexta-feira (14).

A empresa cortou os custos de ligações internacionais feitas para a França pelo aplicativo Hangouts. Desta forma, quem tinha parentes ou amigos por lá poderia ligar para eles, perguntar sobre a situação e saber o paradeiro dos conhecidos.

Assim como outros mensageiros, o Hangouts possui uma função de ligação telefônica que não usa o seu plano de dados ou minutos do celular. Ele opera tanto no iOS quanto via Android, onde pode já estar instalado por padrão com o sistema operacional. É possível fazer chamadas também pelo site do Google Hangouts, bastando logar com a sua conta da empresa.

O Facebook também liberou o botão de checagem de segurança para que usuários atualmente em Paris confirmassem que estão em segurança.

O atual CEO da Google, Sundar Pichai, publicou em sua conta no Twitter as condolências às famílias e vítimas francesas, além de celebrar a união mundial para ajudar a França. Vale lembrar que os táxis, por exemplo, também estavam gratuitos na cidade para ajudar a retirar civis dos locais dos atentados.

"Meus pensamentos estão com todas as vítimas e suas famílias nesta noite triste em Paris. Ótimo ver todos se unindo para apoiar a França", escreveu. O TecMundo fez uma cobertura em tempo real dos ataques, com várias das informações divulgadas via sites e redes sociais. Clique aqui para conferir.

Cupons de desconto TecMundo: