Na última quinta-feira (5), o Uruguai e a Google firmaram um acordo para instalar um novo cabo submarino de fibra óptica que vai ligar a cidade de Maldonado com Santos, no Brasil. Junto a outra iniciativa do tipo, já em implementação, isso vai unir e melhorar a conectividade de banda larga entre os Estados Unidos e os países do Cone Sul.

A previsão é que o cabo, que tem 2 mil quilômetros de extensão e seis pares de fibras, esteja pronto até o final de 2017. Ele deve ajudar a aumentar a capacidade de banda do sistema atual para 90 terabits por segundo, valor aproximadamente 15 milhões de vezes mais rápido que um modem convencional.

“A expansão da infraestrutura e da capacidade de banda larga é um esforço que não pode ser realizado por uma só entidade, por isso achamos que é importante juntar forças”, explicou à Agência EFE Pedro Less de Andrade, diretor de Políticas Públicas e Assuntos Governamentais da Google na América Latina.

O projeto, conhecido como Tannat, vai exigir um investimento de US$ 30 milhões por parte da Anatel, que gerencia a fase brasileira da implementação do cabo. Ele complementa outro programa — já em implementação — conhecido como Monet, que ligará Santos a Boca Ratón (Flórida) por cabos submarinos.

Qual a sua opinião sobre a iniciativa da Google? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: