Nós já noticiamos notícias sobre os carros autônomos da Google (capazes de andar sem motoristas dentro deles) no TecMundo, como você pode lembrar aqui – eles já circulam pelas ruas de Austin e de Mountain View, em fase de testes, nos estados da Califórnia e Texas. O projeto está em andamento há anos e ainda deve demorar a se tornar comum nos Estados Unidos e em outros países, porém os esforços da Google querem minimizar esse tempo.

Recentemente, o ex-CEO da Hyundai, John Krafcik, foi contratado pela Google para liderar o projeto de automóveis autônomos. Em um comunicado, Krafcik disse que a tecnologia da Google pode salvar milhares de vidas, dar a milhões de pessoas melhor mobilidade e nos libertar de um monte de coisas com que nos frustramos hoje em dia ao dirigir.

John Krafcik também já teve passagens pela Ford e pelo MIT, com foco na produção de automóveis. Contudo, um porta-voz da Google diz que a contratação dele não quer dizer que a empresa começará a produzir os seus próprios veículos agora. A diretora de comunicações da Google, Courtney Hohne, disse que a companhia irá fazer parcerias com diferentes empresas e pessoas para trazer a tecnologia dos carros autônomos de modo seguro para o mundo.

Chris Urmson – que até então estava responsável pelo projeto – continuará como líder de desenvolvimento técnico de tais automóveis. Até o momento, os veículos autônomos se mostraram seguros e evitaram contato com pedestres e ciclistas de modo preventivo. Apesar de esses testes possuírem resultados positivos, há muitas pesquisas que precisam ser feitas para colocar os carros nas ruas de fato.

Além disso, muitos podem ver a contratação de John Krafcik como sinal de que a Google realmente pretende transformar o projeto de automóveis em algum tipo de operação comercial no futuro. Contudo, o projeto ainda faz parte do Google X e não foi desmembrado para outro segmento da Alphabet – a holding que reúne diversas marcas da Google.

Cupons de desconto TecMundo: