Usando como base a infraestrutura do Waze, adquirido pela empresa em junho de 2013, a Google começou recentemente a testar um serviço de caronas pagas em Tel Aviv-Yafo, segunda maior cidade de Israel. O programa ainda está em fase piloto, e, por enquanto, atende pelo nome de RideWith.

Mas não pense que a plataforma veio para competir com o Uber – os motoristas do RideWith só podem oferecer caronas durante o trajeto para seu trabalho ou de volta para sua casa. Isso significa que não será possível transformar o serviço em um “trabalho full-time”, como acontece com o polêmico aplicativo citado anteriormente.

Além disso, o pagamento para quem oferece carona será um tanto discreto neste primeiro momento, servindo somente para custear a gasolina e eventuais desgastes na peça do veículo. Por outro lado, isso significa também que o preço do RideWith será bem mais atraente ao usuário final. Ainda não há informações sobre uma possível expansão da plataforma para outros países.

Cupons de desconto TecMundo: