O site “Quero Ser Mãe”, hospedado no serviço de blogs mantido pela Google, foi autuado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro por funcionar como um serviço ilegal de adoções. Assim, a Google foi notificada para retirá-lo do ar em até 30 dias após essa decisão.

As regras de adoção no Brasil são bastante claras e não permitem que a ação seja realizada sem o aval dos Juizados da Infância e da Juventude, que devem manter um registro oficial tanto de crianças aptas à adoção quanto de casais capacitados a recebê-las.

O problema envolve a Google, pois o site de adoções ilegais está hospedado no Blogspot, o provedor de blogs da empresa americana. Assim, ela age como intermediária da operação ilegal, servindo como “facilitadora” de toda a ação.

Para fins de investigação, todos os registros de acesso ao blog devem ser mantidos intactos e em sigilo, além de outras informações que possam ajudar a polícia a encontrar o responsável pelo site. Caso a Google descumpra essas ordens, poderá ser obrigada a pagar uma multa diária de R$ 100 mil. A empresa não fez nenhuma declaração sobre o ocorrido.

Cupons de desconto TecMundo: