HTML5 será o grande beneficiado

Com o HTML5 cada dia mais próximo de uma realidade comercial, começam a surgir as primeiras disputas politicas para decidir os padrões desta nova linguagem. Após anunciar que iria retirar o suporte ao codec H.264 do navegador Google Chrome, o novo passo da Google é oferecer um plugin do seu codec WebM para o navegador Internet Explorer.

Com isso, apenas o Safari (entre os principais navegadores da atualidade) ficará sem o WebM em seus plugins, já que Opera, Chrome, Firefox e Internet Explorer (apenas a versão 9) possuirão os codecs integrados. Ainda não há data confirmada para o lançamento oficial deste complemento para o IE.

Cupons de desconto TecMundo: