A Google concordou em pagar pelo menos 19 milhões de dólares em compensação aos consumidores surpreendidos pelas compras de seus filhos na loja virtual Google Play sem o consentimento dos pais, informou o governo americano.

A Comissão Federal de Comércio (FTC, na sigla em inglês) anunciou que a Google chegou a um acordo para encerrar a investigação sobre as práticas "desleais" no caso das cobranças derivadas de compras realizadas por aplicativos desde 2011.

A presidente da comissão, Edith Ramírez, disse em um comunicado que, na era da tecnologia móvel, "é vital lembrar às empresas que ainda são aplicadas as proteções ao consumidor, apesar do tempo transcorrido. Os consumidores não devem pagar nada pelas compras que não autorizaram".

Os aplicativos com custos (que podem ser comprados dentro do próprio app) são amplamente disponíveis na Google Play, e a faixa de preços vai de 99 centavos a 200 dólares, segundo a agência reguladora.

Uma porta-voz do Google, consultada sobre o acordo, disse em comunicado: "Já fizemos mudanças no produto para assegurar que as pessoas tenham a melhor experiência possível na Google Play. Estamos contentes em deixar este assunto para trás para podermos nos concentrar em criar mais formas entretenimento".

Washington (AFP).

Via Em Resumo

Cupons de desconto TecMundo: