Não é de hoje que a Google investe em projetos que não estão diretamente ligados com o seu ramo de negócios, como o Projeto Loon. A empresa também tem gastado muito dinheiro nos últimos anos procurando soluções que impactam menos o meio ambiente, como energia eólica ou solar para alimentar seus servidores, além de outras nada convencionais que você pode ver aqui.

E, novamente, a Gigante de buscas está se empenhando em tornar a energia renovável uma opção viável, mas dessa vez não é para alimentar seus servidores. Juntamente com a fabricante de placas solares SunPower, a Google iniciou um fundo de US$ 250 milhões (com US$ 100 milhões de seu caixa) para levar energia solar para as casas de americanos.

O projeto prevê a colocação de placas de captação de energia solar nos lares de consumidores americanos na forma de um contrato de aluguel, com a premissa de que o valor a ser pago será menor do que as contas regulares de energia. Com isso, a empresa estimula a adoção de práticas que agridem menos o meio ambiente por pessoas comuns.

Consciência verde

Essa não é só questão de economia, mas de impactar menos o meio ambiente com soluções já existentes, incentivando a “consciência verde” da população. “Participando deste programa, você não ajuda apenas o ambiente – você também economiza dinheiro”, disse Rob Parker, da equipe de energia renovável, no blog da Google.

A empresa está bastante comprometida, sendo este o 16º projeto da companhia em energia renovável em todo o mundo, totalizando mais de US$ 1 bilhão em investimento. A Google ainda não informou os custos exatos e nem quando a iniciativa vai ser colocada em prática.

Cupons de desconto TecMundo: