Não é novidade para ninguém que a Google tenta roubar o mercado dos smartphones que hoje é dominado pela Apple. O aparelho Google Nexus One (já abandonado) e o sistema operacional Android (em constante ascensão) revelam estas tentativas. O que chega agora é mais um golpe desferido em direção à fabricante do iPhone – golpe em forma de software.

Os blogs oficiais e comunicados da Google para a imprensa afirmam que logo devem ser lançados novos softwares desenvolvidos pela divisão de programadores para dispositivos portáteis, a Google Mobile. O principal desses programas deve ser mesmo a versão Android do tão comentado FaceTime da Apple, um software criado para facilitar as videochamadas entre portadores do smartphone.

Android para smartphones

Hoje já existem alguns softwares desenvolvidos por programadores alheios aos laboratórios da Google, como é o caso do Fring e até mesmo do Skype. Mas com o lançamento do novo programa, que na verdade já será nativo da nova versão do Android, os smartphones equipados com o sistema operacional devem finalmente conquistar mais um pedaço do coração dos usuários.

Smartphone com Androi

Mas as possíveis novidades da nova versão do Android não param por aí. Outro recurso dos iPhones deve ser implantado nos celulares com o SO da Google: localizador. Com esse tipo de função, os usuários podem encontrar os aparelhos perdidos ou roubados por meio de localizadores instalados nos computadores, assim como também podem formatar ou bloquear os aparelhos.

Muito se fala a cerca de smartphones que devem ser lançados pela Sony com a nova versão do Android e que devem ser compatíveis com jogos de PSP. Isso mostra que o Android deve continuar a ser um sistema operacional bastante versátil, não prendendo os usuários aos limites da telefonia celular e navegação na internet.

Especulações também em relação aos aplicativos de mídia do Android. É possível que finalmente sejam lançados modos de sincronização de música e outros tipos de arquivos multimídia entre Android e computadores sem a necessidade de cabos USB, tudo por meio de redes sem fio ou associações às contas Google.

A verdade é que essas novidades devem ser inseridas no mercado junto com a versão 3.0 do Android, que ainda está no forno. Ao que tudo indica, esta versão deve chegar ao mercado ainda neste ano, podendo ser instalada nos novos smartphones que chegam às lojas para o Natal e também poderá ser utilizada por aparelhos mais antigos que já possuírem o Android e puderem ser atualizados.

Cupons de desconto TecMundo: