(Fonte da imagem: Reprodução/AdLiterate)

Todos que trabalham com tecnologia já devem ter imaginado como é trabalhar na Google. Fazer parte da equipe da empresa pode parecer um sonho para muitos, já que ela foi listada várias vezes como uma das melhores para se trabalhar. Só que, de acordo com alguns ex-funcionários, talvez ela não seja o paraíso que muitos acreditam ser.

Uma pesquisa feita pelo site Quora reuniu vários funcionários e ex-funcionários da Google para saber quais são os pontos negativos de se trabalhar na empresa. O site Business Insider conseguiu uma lista com as dez principais reclamações daqueles que já estiveram (ou ainda estão) envolvidos com a gigante das buscas.

As reclamações são as seguintes:

1) Todos os funcionários são incríveis, o que faz com que alguns tenham empregos mundanos

Graças ao seu status, a Google consegue contratar apenas a nata das universidades dos EUA, mas para realizar funções mundanas, como remover vídeos do YouTube. De acordo com alguns funcionários, apesar de a remuneração ser considerável, a satisfação profissional de muitos é praticamente nula.

2) A Google é só mais uma grande corporação

De acordo com alguns funcionários, apesar de parecer algo completamente diferente, a o ambiente dentro da Google é a de uma grande corporação, com escritórios comuns, como os de qualquer outra empresa.

3) Grande parte dos engenheiros é medíocre

Apesar de muitos acreditarem o contrário, uma das maiores reclamações é a de que os engenheiros da Google são medíocres, mas, por trabalharem na empresa, se mostram arrogantes. De acordo com funcionários, eles não aceitam sugestões, se achando superiores aos outros.

4) Os gerentes são como os engenheiros

Assim como acontece com os engenheiros, os gerentes também são medíocres, não querendo se arriscar, buscando apenas focar em métricas e ignoram as necessidades dos seus funcionários.

5) A Google não entende de design

Funcionários reclamam que, apesar de a empresa ter alto conhecimento de engenheira, seus produtos perdem muito em design, o que levou ao cancelamento de diversos projetos, como o Google Wave, Google Video e até mesmo o Orkut.

6) Promessas que nunca são cumpridas

Alguns funcionários reclamaram que você deve sempre ter uma cópia por escrito de coisas que são prometidas dentro da empresa, já que muitas delas são vagas e não viram realidade.

7) Uma grande festa que não leva a lugar algum

Funcionários reclamaram do clima descontraído demais, com video games e ambiente de trabalho relaxado, já que isso faz com os envolvidos não foquem no seu trabalho.

8) Não permitir home office

Apesar de a internet nos Estados Unidos ser muito boa, a Google ainda faz com que seus funcionários tenham que ir todos os dias para o escritório, o que se torna um impedimento para diversos profissionais.

9) Estagiários são maltratados

De acordo com um estagiário da Google, ele foi maltratado dentro da empresa e não foi o único a sofrer com isso. “Eles pareciam achar que qualquer um que não trabalha no “verdadeiro Google” é mentalmente e moralmente inferior”.

10) Você não consegue mudar nada dentro do Google

Muitos funcionários reclamaram que a chance de alguém conseguir realizar algum projeto grande dentro da empresa é muito pequena. Por causa do grande sucesso do AdWords, a Google tem um lucro impressionante e utiliza grande parte dos seus funcionários para manter a ferramenta funcionando, não movimentando funcionários para outros projetos.

Uma situação complicada e que coloca em xeque diversas informações que a própria empresa gosta de promover ao falar dos seus escritórios. O que você acha sobre isso? Acredita que o Google é só uma empresa como outra qualquer ou que isso tudo é mágoa de ex-funcionários para com a companhia?

Cupons de desconto TecMundo: