Hoje em dia, uma das empresas que mais chamam a atenção de jovens profissionais e de pessoas interessadas pelo mundo da tecnologia é a Google. Além de contar com produtos de grande peso mundial, as instalações da companhia são tidas como exemplares — principalmente em relação à liberdade e à assistência dadas aos colaboradores.

Por conta disso, muita gente sonha em trabalha na gigante de Mountain View. No entanto, os depoimentos de supostos funcionários e ex-funcionários — feitos anonimamente pelo fórum Quora — mostram um pouco dos defeitos da companhia e talvez acabem manchando um pouco este tipo de desejo profissional.

Muita exigência para pouca coisa

Em primeiro lugar, está o fato de que a Google contrata pessoas altamente graduadas, o que não é algo ruim. No entanto, esses profissionais — que chegam a estar entre os dez melhores estudantes de toda a sua universidade, por exemplo — exercem atividades relativamente simples, como deletar postagens manualmente no YouTube ou auxiliar no suporte do AdSense.

Talvez você ache isso algo bobo, mas posições baixas não atendem às expectativas altas de um ótimo profissional, assim como não pagam o esperado. Outro problema relacionado ao clima de trabalho da Google é o fato de que a empresa ainda parece uma startup, de modo que somente é promovido quem estiver engajado no projeto certo ou se uma ideia própria acabar dando resultados positivos.

Exagero de liberdade...

Uma das áreas de lazer da Google nos Estados Unidos. (Fonte da imagem: Reprodução/Chilloutpoint)

Enquanto isso, os funcionários anônimos relatam que os engenheiros da empresa são realmente arrogantes, impedindo conversas de qualquer tipo — o que é algo péssimo em qualquer empresa, principalmente as que trabalham com projetos próprios e novos a todo o momento, como é o caso da Gigante de Mountain View.

Além de tudo isso, também foi afirmado que há um clima de imaturidade “no ar”, de exagero com a liberdade dada. Com isso, há muita gente que passa grande parte do tempo de trabalho sem fazer nada ou apenas bebendo, prejudicando os deveres de outros profissionais e trabalhando “pouco ou quase nada”.

Será que é verdade?

Por conta de tudo isso, há quem afirme que a Google não sabe como incentivar os seus funcionários, de modo que eles se sentem apenas mais uma engrenagem sem relevância em uma empresa que gera muito (muito) dinheiro. Dessa maneira, há profissionais que simplesmente optaram por desistir de trabalhar com o “Big G”.

Contudo, mesmo com todas essas informações disponíveis — e você pode conferi-las aqui —, ainda fica a dúvida: quem são as pessoas que estão reclamando sobre a Google? Afinal de contas, como os comentários foram feitos anonimamente, qualquer um poderia dizer que trabalhou na companhia e não gostou do que viu.

Apesar disso, não há como discordar de que esses depoimentos podem servir como uma espécie de aviso, não é mesmo? Para deixar a sua opinião sobre o assunto, basta postar o seu comentário abaixo.

Cupons de desconto TecMundo: