(Fonte da imagem: Reprodução/BGR)

O ano não estava sendo tão bom para a Google quanto os que já passaram, tanto que especialistas de mercado acabaram com projeções maiores do que os ganhos reais da companhia nos dois primeiros trimestres de 2013. No entanto, o resultado destes últimos três meses “espantou” o pessoal de Wall Street.

De acordo com os dados divulgados pela própria gigante de Mountain View, a companhia fechou o terceiro trimestre do ano com uma receita de US$ 14,98 bilhões (cerca de R$ 32 bilhões), sendo que cada uma das ações da empresa está lucrando US$ 10,47 (R$ 22) — os dois números estão um pouco acima das previsões de analistas.

Começando novas jornadas

Apesar dos bons ganhos em dinheiro, o valor pago por clique em propagandas caiu 8%, em comparação com o mesmo trimestre do ano anterior. Outro “problema” notado é o fato de que o segmento móvel da Motorola, que é da Google, sofreu uma queda brusca de receita — neste trimestre, ela arrecadou “apenas” US$ 248 milhões (R$ 540 milhões), sendo que em 2012 esse número era de US$ 1,18 bilhão (R$ 2,5 bilhões).

Isso explica o motivo de a gigante de Mountain View investir em novos caminhos, como o lançamento de produtos para a televisão (Chromecast é um ótimo exemplo disso) e outros tipos de serviço, como é o caso de transmissões ao vivo pelo YouTube. Além de ser uma maneira de impedir que a sua receita caia, essas iniciativas também servem para renovar a Google e fazer com que ela continue sendo uma companhia de ponta.

Cupons de desconto TecMundo: