A tentativa da Google de obter controle sobre o domínio de topo “.search” gerou severas reações de um conglomerado de concorrentes preocupados. Entretanto, a empresa resolveu tornar as coisas mais claras. Em carta enviada recentemente ao órgão ICANN (responsável por administrar domínios e terminologias da internet), a empresa afirmou que a ideia é criar um domínio sem ponto que possa ser livremente utilizado por quaisquer serviços de busca.

No que foi denominado de um “novo padrão técnico”, o domínio — que pode ser, por exemplo, “http://search” — seria imediatamente associado a sites de busca previamente determinados pelo usuário.

Blogs, aplicativos e armazenamento em nuvem nos planos

Mas os planos da Google não ficam apenas nisso. Na verdade, conceitos semelhantes também foram apresentados para os domínios de topo “.blog”, “.cloud” e “.app” — associados, respectivamente, a quaisquer serviços de blog, armazenamento em nuvem e ofertas de aplicativos. Em todos os casos, quaisquer plataformas ou serviços poderiam ser utilizados.

Ademais, na carta a companhia destaca que atualmente trabalha com vários mantenedores de blogs, a fim de desenvolver os padrões que seriam necessários para esse caso específico. Embora nenhuma companhia tenha sido mencionada, a ideia seria fornecer um domínio geral para alguém que estivesse publicando na internet — seja no Blogger, no Tumblr, no WordPress ou em qualquer outro serviço.

(Fonte da imagem: iStock)

Naturalmente, o conceito parece perfeitamente capaz de “facilitar” as coisas sob uma perspectiva do usuário. Entretanto, resta agora saber se o argumento apresentado ao ICANN será suficiente para demover os pesos-pesados que torceram o nariz desde que a ideia veio à tona. De fato, vale lembrar que outras companhias de peso, como a Amazon, já tentaram algo semelhante e sempre foram prontamente rebatidas.

Cupons de desconto TecMundo: