Quem possui um aparelho com o sistema Windows Phone 8 pode esquecer os aplicativos nativos da Google para o sistema operacional da Microsoft, pelo menos por enquanto. Quem garantiu isso foi Clay Bavor, diretor de gestão de produtos do Google Apps, em uma entrevista ao V3:

“Nós não temos planos de desenvolver aplicativos para Windows. Nós somos muito cuidadosos em onde investimos e nós vamos onde os usuários estão; e certamente eles não estão no Windows Phone ou no Windows 8. Contudo, se isso mudar, nós vamos investir lá sem problemas”.

“Em 2012 nós implementamos o nosso trabalho e realmente melhoramos muito a experiência de nossos principais aplicativos em dispositivos móveis, como a edição nativa de planilhas para o iOS e aplicativos Android”.

O futuro está nas nuvens

Bavor também garantiu que o futuro é o desenvolvimento na nuvem: “O único modo de proporcionar ao usuário uma experiência completa é através da nuvem”.

Ele ainda afirmou que as pessoas não utilizam apenas um aparelho. Existe quem trabalha com até cinco dispositivos diferentes, o que fortalece ainda mais a justificativa de investir na computação em nuvem.

Cupons de desconto TecMundo: