(Fonte da imagem: Divulgação/Motorola)

Depois de alguns meses da aquisição da Motorola Mobility (por US$ 12,5 bilhões), a Google ainda não teria “metido o bedelho” nos projetos da fabricante norte-americana de aparelhos eletrônicos. Segundo o site The Verge, os produtos da Motorola só serão desenvolvidos com a orientação e supervisão da Google a partir de 2013.

Essa informação veio de Patrick Pichette, diretor financeiro da gigante de Mountain View, durante uma conferência na qual a empresa divulgou o seu balanço no terceiro trimestre de 2012. O executivo da Google revelou que eles estão satisfeitos com o desempenho dessa aquisição.

“Veja, nós estamos bem satisfeitos com os progressos da Motorola nos primeiros 150 dias. Como indicado em nossos documentos oficiais, nossa equipe fez diversas modificações operacionais e harmonizamos e simplificamos o portfólio de produtos (...)”, comentou Pichette.

O executivo também explicou que os ciclos de desenvolvimento da Motorola giram em torno de 12 a 18 meses. Com base nisso, já que a Google, ao que parece, não quis intervir em projetos em andamento, novos produtos da fabricante que seriam acompanhados mais de perto pela gigante de Mountain View só chegariam ao mercado no ano que vem.

Assim, por enquanto, os smartphones e tablets da Motorola ainda devem sair de fábrica com o Android 4.0 (Ice Cream Sandwich), enquanto outros parceiros mais antigos da Google já adotam o Jelly Bean (versão 4.1 da plataforma).

Fonte: The Verge

Cupons de desconto TecMundo: