(Fonte da imagem: Reprodução/Forbes)

Conhecida como um dos melhores locais de trabalho do mundo, a Google cuida de seus funcionários até mesmo após eles terem não estarem mais vivos. Caso um dos empregados da empresa venha a falecer, sua família recebe metade de seu salário por um período de 10 anos. Além disso, cada um de seus filhos recebe US$ 1 mil por mês até completar 19 anos (23, caso o beneficiado estude em tempo integral).

Em uma entrevista concedida à Forbes, Lazlo Bock, diretor do departamento de pessoal da empresa, afirmou que não há qualquer pré-requisito para que uma pessoa seja incluída no benefício. Isso faz com que a grande maioria dos 34 mil funcionários que a companhia mantém ao redor do mundo tenham a garantia de que suas famílias continuarão a ter alguma espécie de sustento em caso de imprevistos.

“Uma das coisas que percebemos recentemente é que um dos fatos mais duros e confiáveis da vida é que, em algum momento, vamos nos deparar com a morte de um parceiro”, afirmou Bock. “E esse é um momento horrível e difícil, não importam as circunstâncias, e todas as vezes que passamos por isso, como empresa, tentamos encontrar um meio de ajudar a/o esposa/o”, complementa.

Mantendo empregados motivados

“Obviamente, não há benefícios para a Google”, afirma Bock. “Porém, é importante para a companhia ajudar as famílias através desse evento de vida horrível e inevitável”. Com medidas do tipo, a companhia pretende oferecer um ambiente de trabalho confortável para todos os seus empregados, forma de se certificar que eles continuarão motivados para exercer suas funções diárias.

“O motivo pelo qual fazemos esse tipo de coisa para nossos funcionários não é porque isso é importante para os negócios, mas simplesmente porque é a coisa certa a fazer. No final das contas, é melhor trabalhar para uma companhia que se importa com você do que para uma empresa que não se importa. E, do ponto de vista empresarial, é muito melhor se importar”, finaliza Bock.

Fonte: Forbes

Cupons de desconto TecMundo: