A Google lançou em 2009 o seu DNS (Sistema de Nomes de Domínios), sendo ele um projeto experimental. O serviço — que funciona como uma espécie de lista de endereços dos sites da internet — cresceu tanto que já conta com 70 bilhões de solicitações por dia.

Esse sistema traduz os endereços de IP (numéricos) para nomes de domínios, permitindo que o computador então entenda a sequência e consiga encontrar o endereço correto, conectando-se corretamente ao site. O que a Google fez foi trabalhar com redes de distribuição de conteúdo com servidores em todo o mundo, de forma que os internautas fossem direcionados a servidores mais próximos, tornando a internet mais rápida.

A intenção da empresa era tornar os acessos mais rápidos para todos, e, depois de solucionar alguns problemas, o serviço cresceu exponencialmente nos últimos dois anos. O site de buscas agora oferece um enorme tráfego de dados não só nos Estados Unidos, mas também na Ásia, Europa e América do Sul.

Cupons de desconto TecMundo: