Ampliar (Fonte da imagem: wiseCom)

Após anos de espera, a Google parece pronta para reviver o projeto Google Drive, que permitirá o armazenamento de qualquer espécie de documento através da nuvem. O primeiro sinal da novidade surgiu há cerca de um mês, através de algumas adições ao código do Chromium, navegador open source que serve como base para a construção das novas versões do Google Chrome.

Já a confirmação de que o serviço está próximo de um lançamento real foi obtida pelo consultor de mídia Johannes Wigand, que no último sábado (24 de setembro) publicou em seu blog a primeira imagem do Google Drive. Apesar da baixa qualidade, a fotografia revela um serviço que parece em fase bastante avançada de desenvolvimento.

O site TechCrunch confirmou a existência do serviço com fontes internas da Google, que afirmaram que o sistema já está sendo usado há certo tempo por funcionários da companhia. O Drive deve ter pouco a ver com o projeto de mesmo nome desenvolvido pela gigante das buscas em 2007, que foi encerrado em 2008 devido a uma interface pouco amigável e funcionalidades insatisfatórias.

Reformulação do Google Docs

A novidade deve se tratar de uma reformulação de marca para o Google Docs, serviço que já oferece recursos além do simples armazenamento de documentos e planilhas desde o início de 2010. A mudança de nome tem como objetivo fazer com que os usuários percebam que o sistema pode ser usado para muito mais do que simplesmente armazenar textos ou planilhas criadas a partir do navegador.

Entre as novidades presentes no Google Drive está uma área para a criação de pastas nas quais o usuário poderá organizar documentos da maneira que preferir, além de outras opções de gerenciamento a partir do navegador. O serviço também deve contar com um software auxiliar a sincronização automática de documentos entre múltiplos computadores, de maneira semelhante ao que é oferecido pelo Dropbox.

Ainda não há qualquer previsão quanto à data de lançamento do Drive, porém tudo indica que ela está bem próxima. Segundo o TechCrunch, a Google pode estar esperando somente o Android Ice Cream Sandwich ser lançado, em outubro deste ano, para revelar a reformulação completa do Google Docs.

Cupons de desconto TecMundo: