Você já deve ter visto algum daqueles quadradinhos que aparecem no espaço onde deveria estar uma letra: ?. Ele se chama tofu e é sinal de uma das maiores dificuldades encontradas na hora de distribuir conteúdo em idiomas diferentes, aparecendo sempre que o dispositivo encontra um símbolo e não tem uma fonte apropriada para reproduzi-lo.

Agora, a Google pretende resolver esse problema definitivamente com o anúncio da Noto, uma fonte de código aberto e distribuição gratuita que inclui todos os 110 mil caracteres do padrão Unicode, responsável pela representação de texto nos computadores.

A fonte inclui todos os 110 mil caracteres do padrão Unicode.

Com a Noto – batizada com esse nome por causa da frase em inglês “No more tofu” – será possível utilizar a mesma fonte para escrever em mais de 800 línguas diferentes. Para isso, a Google trabalhou junto de empresas com mais conhecimento na área, como Adobe e Monotype, além de uma rede de revisores voluntários.

O objetivo inicial do projeto era garantir a acessibilidade nos sistemas operacionais da empresa, Android e Chrome OS, mas a Noto também deve servir como uma forma de preservar os sistemas de escrita que forem digitalizados.

A fonte pode ser baixada no site criado pela própria Google.

Cupons de desconto TecMundo: