Os carros autônomos da Google já percorreram milhares de quilómetros nos Estados Unidos, e a taxa de acidentes é baixíssima. Isso não significa, no entanto, que os veículos sejam imunes a imprevistos, e é por isso que a gigante da internet está investindo em patentes de segurança.

Segundo informações reveladas pelo site Mercury News, a Google registrou recentemente uma patente que descreve um sistema de segurança para carros autônomos com um apelo inovador. O objetivo do mecanismo é proteger pedestres durante atropelamentos e reduzir os danos em potencial.

O texto explica que, em atropelamentos, os danos secundários causados aos pedestres logo após uma batida são os que geralmente trazem mais consequências, e é por isso que o mecanismo, que funcionará como uma espécie de airbag externo com cola, pretende fazer com que o atropelado fique “colado” ao veículo e não seja arremessado para longe após o impacto.

Airbag pegajoso

A superfície adesiva não ficará exposta o tempo todo, e deve ser revelada somente no momento da batida, já que uma camada fina manterá o carro com uma aparência normal. A casca por cima da manta adesiva também evitará que poeira e insetos sujem o veículo.

Um porta-voz da Google falou a respeito do tema e afirmou que a existência da patente não necessariamente significa que um novo produto está a caminho. “Nós detemos patentes sobre uma grande variedade de ideias. Algumas dessas ideias maduram com o tempo e se transformam em novos produtos ou serviços, outras não”, concluiu.

Airbag com cola: a nova ideia da Google para seus carros autônomos Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: