Na última terça-feira (23), a Gigante das Buscas deu início a um projeto que tem como objetivo fazer a diferença em todo país. Com o nome Desafio de Impacto Social Google Brasil 2016, a iniciativa se trata de uma competição que distribuir nada menos do que R$ 10 milhões entre ONGs nacionais que usam a tecnologia para afetar positivamente suas comunidades ou a nação como um todo.

As inscrições já estão abertas e as organizações interessadas podem se cadastrar até o dia 21 de março por meio do site neste link. Na página, é possível encontrar as regras do Desafio e todas as informações necessárias para completar o processo. Podem participar tanto ONGs que possuam ideias de como utilizar tecnologia para solucionar problemas sociais quanto instituições que tenham algum projeto em andamento e precisem de ajuda para o impulsionar.

Após o período de inscrições, que vai até 21 de março, uma equipe formada por funcionários da Google e especialistas externos fará a revisão dos projetos e anunciará os 10 finalistas (dois por região do Brasil) no dia 23 de maio. O público será então convidado a conhecer candidatos e votar nos seus favoritos. Os integrantes das ONGs irão apresentar seus projetos aos jurados em um evento na sede de São Paulo da Gigante das Buscas no dia 14 de junho.

Vale mais do que dinheiro

Para julgar os 10 finalistas, a competição vai contar com a participação de um painel com seis jurados. Esse comitê julgador será formado pela atriz e apresentadora Regina Casé, a jogadora de futebol da seleção brasileira e embaixadora da ONU Marta, o líder do povo indígena Suruí, Chefe Almir, o CEO da Fundação Lemann, Denis Mizne, a artista plástica contemporânea Adriana Varejão e a diretora do Google.org, Jacquelline Fuller.

No dia das apresentações finais, a organização deve anunciar o projeto vencedor da votação popular e os três projetos escolhidos pelos jurados. Todos os quatro receberão o prêmio do Desafio de Impacto Social no valor de R$ 1,5 milhão, além de assistência técnica e mentoria de funcionários do Google e outros especialistas para tornar seus projetos realidade.

Os outros seis finalistas receberão, cada um, R$ 650 mil. Os prêmios são pagos pelo Google.org, o braço filantrópico do Google. Essa é a segunda edição do Desafio no Brasil. A primeira aconteceu em 2014 e contou com projetos bastante interessantes, desde uma ONG que desenvolveu uma máquina de gelo solar em uma comunidade no meio do Amazonas até uma outra que criou um app que atua na prevenção da violência contra a mulher.

Fazendo a diferença

O Brasil foi o terceiro país a sediar o Desafio Google de Impacto Social, após o Reino Unido e a India. Os projetos vencedores da primeira edição trouxeram excelentes resultados, levando a Gigantes das Buscas a decidir aumentar o valor da premiação e, nessa segunda edição, garantir que a competição se estenda por todo o território nacional, com dois finalistas por região.

“Como vimos em 2014, existem projetos incríveis sendo desenvolvidos, em todo o Brasil, por ONGs que cada vez mais recorrem à tecnologia para tentar resolver problemas de todos os tipos: ambientais, educacionais, de saúde, e muitos outros. Nós queremos encontrar esses talentos e ajudá-los a ir mais longe. Acreditamos que, assim, podemos ajudar ótimas soluções a se tornar realidade”, disse Fabio Coelho, presidente da Google Brasil.

Você conhece alguma ONG que usa a tecnologia para fazer a diferença em sua comunidade? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: