(Fonte da imagem: Divulgação/Google TV)

A mais recente atualização do aplicativo do YouTube para a Google TV tem como objetivo facilitar o streaming de mídia e a conexão entre inúmeros dispositivos. Esse é o primeiro passo da empresa em um esforço para “levar essa indústria pra frente”, nas palavras de seu gerente de produto, Timbo Drayson.

Em 2013, a companhia quer investir pesado no mundo da conexão sem fio entre celulares e televisores, construindo opções de entretenimento mais intuitivas e interativas. Nos bastidores, parcerias com desenvolvedores já estão sendo firmadas em busca de um protocolo-padrão e aberto de conexão entre televisores e aparelhos diversos.

O alvo, claro, é a Apple TV. A caixa da Maçã vendeu mais de 5 milhões de unidades apenas neste ano e se tornou o aparelho do tipo mais bem-sucedido da história. E, para o Google, o principal motivo disso é a facilidade com a qual o dispositivo se conecta a iPads, iPhones e Macbooks, ajudando o compartilhamento de mídia e tornando a experiência do usuário incrivelmente simples.

Quem tem uma Google TV já possui esse tipo de conexão facilitada. O foco agora é criar um padrão que possa ser usado pela empresa em outros sistemas operacionais e ambientes, de forma a invadir até mesmo a loja de aplicativos da Apple. A briga pelo streaming de entretenimento é mais uma das batalhas travadas pelas duas maiores empresas de tecnologia da atualidade — cabe ao usuário decidir quem é o vencedor.

Cupons de desconto TecMundo: