Quando alguém vê o carro do Google Street View passando, é normal acenar para a câmera ou tentar fazer algum gesto que saia na versão final dos mapas. O problema é quando isso vai longe demais: uma dupla em Edimburgo, na Escócia, simulou um assassinato de mentira e fez o mundo inteiro pensar que a imagem era real.

A foto tirada em 2013 virou um daqueles "flagras assustadores" do serviço de mapeamento da Google e mostra um homem deitado no chão, ao lado de um rapaz bastante suspeito segurando um bastão de picareta. Exibida em vários ângulos e de ruas diferentes, é possível ver todo assassinato falso sendo cometido.

O "cadáver" é Dan Thompson, um gerente de 56 anos de uma loja de carros. Quando o carro do Street View passou, ele e um de seus mecânicos, Gary Kerr, resolveram brincar com a situação e simular um crime.

"caso" foi desvendado apenas um ano depois, quando a polícia já estava envolvida e buscava suspeitos do crime — alguém assustado demais pensou que o crime era de verdade e ligou para a emergência.

A identificação do carro ao lado do corpo levou a investigação até Thompson, que relatou o mal entendido e não teve maiores problemas.

Cupons de desconto TecMundo: