Muita gente não conhece esta função, mas o Google Imagens apresenta a possibilidade de você pesquisar usando um arquivo de imagem como referência. As finalidades para isso são vastas, porém o recurso é principalmente utilizado para encontrar a fonte de determinado arquivo. Ou seja, caso você queira uma figura sem marca-d’água para colocar no seu blog, usar essa ferramenta exibe imagens similares à pesquisada, hospedadas em diferentes sites.

Neste artigo, você encontra algumas sugestões de uso para a pesquisa por imagens do Google e algumas ideias para você saber o que fazer com a ferramenta, podendo utilizá-la criativamente de diferentes maneiras – algo que provavelmente vai ficar ainda mais em voga quando o Google Glass entrar na moda (caso ele realmente dê certo).

Como usar o serviço

Com a página principal do Google aberta, clique sobre “Imagens”.

Use a opção com o ícone de câmera fotográfica para acionar a função de pesquisa por imagem.

A alternativa-padrão sugere que você cole o endereço da imagem. Faça isso e use o botão “Pesquisa por imagem”.

Com a opção “Envie uma imagem”, você pode usar o botão “Escolher arquivo” (para usar uma figura armazenada no disco rígido do seu PC) ou simplesmente arrastar o item desejado sobre a janela do navegador para iniciar a pesquisa.

Sugestões de utilização

Papéis de parede

Caso você goste de personalizar a sua Área de trabalho, provavelmente a busca de papéis de parede seja algo comum no seu cotidiano. Contudo, é possível que frequentemente você acabe se deparando com imagens de resolução baixa, as quais não servem para ocupar a tela inteira do seu computador. Nesse caso, usar a pesquisa de imagens pode relevar a mesma figura com resolução maior, fazendo você não deixar de usar imagens legais.

Nome do autor

Quando você visita diferentes lugares, há a chance de encontrar quadros ou desenhos que lhe interessem. Em uma situação assim, talvez você queira comprar a obra de determinado artista para enfeitar a sua casa. Ao tirar uma foto com o celular e fazer uma pesquisa no Google utilizando-a, são grandes as chances de você conseguir descobrir qual o nome do autor para conseguir entrar em contato com ele, se possível (ou apenas usar de referência).

Produtos não identificados

Uma situação similar àquela apresentada acima envolve qualquer outro tipo de produto que não esteja identificado na imagem; por exemplo: navegando em sites diversos, você encontrou a imagem de uma lamparina com um formato muito bacana. Você não tem ideia do nome desse item, então como encontrá-lo? Com a busca de imagens: tire uma foto daquilo que lhe interessa ou salve a imagem no computador, use a pesquisa e veja os resultados.

Receitas

Olhando a sua linha do tempo no Facebook, você repara em uma imagem deliciosa: algum prato visualmente apetitoso do qual você não tem ideia nem do nome, nem de como preparar. Com o link da imagem fica fácil fazer a busca: cole-o na parte da pesquisa e provavelmente os primeiros resultados da busca já indicarão pelo menos o nome do prato ou um site com a própria receita.

Revelando lorotas

Novamente, imagine estar no Facebook: você repara que todos estão compartilhando determinada figura com uma mensagem positiva, de alguma maneira. “Onde foi que eu já vi isso?”, você se pergunta. Fazendo a pesquisa, logo você percebe que a fotografia compartilhada pelos outros não tem absolutamente nenhuma relação com a mensagem, tendo sido colocada totalmente fora de contexto. E aí, que tal revelar a lorota dos outros?

Celebridades

É possível que você assista a alguns filmes e repare na existência de algum ator ou atriz que não é exatamente famoso pelo nome, mas está crescendo o bastante para receber papéis em películas interessantes, mesmo que secundários. Não apenas a imagem do indivíduo em questão pode encontrar o seu nome (pode-se usar com “não celebridades”, inclusive), como também identificar de qual filme a figura foi tirada.

Achar um lugar

Frequentemente você se depara com imagens belíssimas de paisagens, postadas de forma aleatória em redes sociais ou sites de variedades. No entanto, dificilmente elas são identificadas, indicando onde aquele castelo dos sonhos ou lago cristalino se encontra. Outra vez, a pesquisa ajuda, podendo revelar o nome e as coordenadas do local.

Isso também é útil para encontrar um lugar para morar; por exemplo: há determinados serviços de auxílio imobiliário que cobram pelos seus serviços. Enquanto eles deixam você navegar pelo site sem restrição às descrições e imagens dos lugares, apenas pagando determinada quantia você pode ter acesso ao endereço. Usando as imagens fornecidas pela própria página, há grandes chances de encontrar onde a sua nova residência está situada.

Como o seu trabalho é usado

Quem é artista frequentemente acaba liberando alguns desenhos ou outras obras em domínio público, para qualquer pessoa usar como bem entender. Porém, você não tem curiosidade de saber “como” estão usando aquilo em que você colocou tanto esforço para produzir? Pois então, no caso de imagens, basta indicar a figura desejada e vasculhar os resultados: lá são mostradas todas as utilizações da sua obra que forem encontradas na internet.

Plantas e animais

Passeando alegre e saltitante por um parque, você se encontra com uma espécie de animal ou planta nunca antes vista pelos seus olhos. Extremamente curioso a respeito do nome do objeto visualizado, você logo tira uma fotografia com o seu celular e usa o primeiro ponto de WiFi disponível para fazer a pesquisa com ela. Logo você descobre que provavelmente aquela flor é rara ou que aquele animal provavelmente escapou da sua jaula no zoológico. Cuidado.

Cupons de desconto TecMundo: