Embora o Google já incluísse a opção Safe Search, uma nova atualização da busca de imagens promete conferir ainda mais “segurança” às suas pesquisas — reduzindo consideravelmente o número de resultados com conteúdos pornográficos.

Por outro lado, as buscas que realmente visem conteúdos adultos não devem ser afetadas — embora um pouco mais de “ênfase” seja necessária em alguns casos. O novo algoritmo de censura apenas limita resultados em que obviamente a intenção não seja essa. A alteração tem por objetivo apenas conter os resultados de cunho duvidoso obtidos em buscas com o modo Safe Search desabilitado, conforme explicou um representante da Google:

“Nós não estamos censurando nenhum conteúdo adulto e queremos retornar exatamente o que os usuários estiverem buscando — mas nós não queremos mostrar conteúdos sexualmente explícitos a menos que isso seja exatamente o que o usuário busca. Nós utilizamos algoritmos para selecionar os resultados mais relevantes em cada pesquisa. Caso você esteja buscando conteúdos adultos, é possível encontrá-los sem mudar as configurações — você apenas precisará ser mais explícito em buscas com termos ambíguos.”

A companhia reforça ainda que as buscas por imagens funcionam agora da mesma forma que as pesquisas por sites.

Cupons de desconto TecMundo: