(Fonte da imagem: Reprodução/TechCrunch)

A Google lançou no início do ano o Google Knowledge Graph. O que o sistema faz é interpretar o contexto das palavras pesquisadas e tentar relacionar os itens com mais precisão. A ideia é que as buscas tornem-se mais precisas e eficientes.

Quando você procura algo no Google, os algoritmos fazem buscas tanto na web quanto no Knowledge Graph. Se você digitar “Mona Lisa”, além de ele exibir as obras de Leonardo da Vinci, um painel surge ao lado direito da tela com informações particulares sobre ele, incluindo suas obras mais famosas, onde viveu, além de outros artistas da renascença, como Michelangelo ou Rafael.

A novidade do sistema é que agora, ao posicionar o mouse sobre um item específico exibido da busca, o Knowledge Graph mostra um pequeno texto, explicando a relação entre os itens. Porém, a Google disse que o sistema funciona somente para atores, filmes e programas de TV — mas não para todos.

Essa atualização pode ser pequena, mas já mostra como o Knowledge Graph vem crescendo com o tempo e que, em breve, poderá fazer parte de todos os produtos da empresa.

Fonte: TechCrunch

Cupons de desconto TecMundo: