Prevista para aparecer nos próximos dias em tablets e smartphones, a mais nova atualização da Google Play inclui uma revisão bem interessante na política do serviço para Android. A partir de agora, desenvolvedores de apps pagos ou com microtransações internas terão três dias úteis para responder contatos de consumidores. Além disso, se a empresa considerar que algum assunto ou suporte é urgente e fizer ela mesma o contato, o sujeito terá 24 horas para fornecer uma solução ou enviar os dados adequados.

Por enquanto, não está claro como será a fiscalização dessa nova recomendação da empresa ou se haverá alguma penalização para quem não respeitar a regra. No comunicado, a empresa só diz que falhar em garantir informação ou suporte adequados pode resultar em baixa avaliação por parte dos consumidores, menor exposição, queda nas vendas e até a remoção do produto da loja virtual do Android.

Relaxe com os impostos

Se obrigar o desenvolvedor a responder os clientes deixou muita gente irritada, outra modificação na Google Play é positiva. A gigante anunciou que, na Europa, ela mesma vai cuidar do chamado imposto sobre o valor acrescentado (VAT, na sigla original), uma taxa aplicada sobre produtos de consumo que antes ficava a cargo dos próprios criadores de ferramentas, que precisavam recolher o valor e repassar às autoridades de impostos. Essa novidade, entretanto, entra em vigor somente a partir de 1º de janeiro de 2015.

Cupons de desconto TecMundo: