Se você é um adepto convicto do Android, deve saber que a Google Play permite que você receba o reembolso na desistência de aplicativos de três formas diferentes. Uma delas é depois de 15 minutos da efetuação da compra, outra é em até 48 horas depois e a última é após dois dias da aquisição — cada uma delas tem um processo de requisição diferente.

A novidade sobre esse assunto é que a Google centralizou o trabalho de reembolso, que antes era feito através dos desenvolvedores dos aplicativos “devolvidos”. Apesar de essa parecer uma boa ideia, a gigante de Mountain View está encarando um situação um tanto quanto estranha neste sistema de reembolso, mesmo que algumas pessoas se alegrem com ela.

Devolução que não tem ônus algum

De acordo com informações de diferentes fontes internacionais, a Google está permitindo que você receba o reembolso de aplicativos comprados, mas sem que esses programas sejam retirados da sua biblioteca de apps — algo que deveria acontecer sempre que você pedisse o seu dinheiro de volta, resultando em um sistema de devolução.

O site Android Police decidiu estudar melhor a situação e afirmou que isso está acontecendo pelo simples fato de que a Google automatizou todos os processos de reembolso disponíveis. A janela de 15 minutos e os pedidos feitos dentro de 48 horas estão funcionando corretamente, com os aplicativos sendo removidos da sua conta Google e a compra cancelada.

Contudo, ainda segundo a pesquisa do Android Police, os pedidos de devolução feitos depois de dois dias estão sendo processados de uma vez só, com você recebendo o seu dinheiro novamente e podendo acessar o aplicativo por tempo indeterminado. A princípio, esse tipo de coisa não deveria acontecer e parece ser errado.

Aparentemente, é apenas mais fácil

Levando em consideração o que foi explicado acima, o pessoal do Android Police entrou em contato com a Google para fazer algumas perguntas sobre esse sistema “aberto” de reembolso. A Gigante das Buscas simplesmente afirmou que conta com mecanismos para que abusos não sejam cometidos, sem dizer quais são esses recursos.

Apesar disso, a companhia explicou que ela está arcando com os custos desse sistema, de modo que os desenvolvedores de aplicativos não são afetados ou deixam de ganhar dinheiro. Ao que parece, a companhia decidiu agir dessa maneira porque é mais fácil devolver o pagamento das pessoas do que encarar centenas e centenas de emails com requisições de reembolso.

No entanto, o TecMundo não pode garantir que você vai conseguir o seu dinheiro de volta, já que essa situação não é comum e pode ser resolvida em breve. Estranho, não é mesmo?

Cupons de desconto TecMundo: