Nós sabemos que 99,9% do que vemos na internet e na TV é cópia ou é inspiração de algo já criado. Ao que parece, essa prática também é seguida por criadores de mapas. Porém, eles tentam encontrar a galera do "Ctrl+C, Ctrl+V" de uma maneira engraçada: adicionando ruas e até cidades inexistentes em seus mapas.

Em 1930, um cartógrafo adicionou a cidade de Agloe, próxima a Nova York. Inexistente na época, ela acabou se tornando real de tanto que as pessoas usavam o tal mapa. Por isso, as pegadinhas atuais costumam se basear em ruas sem saída, curvas de rios, elevações de montanhas etc.

Abaixo, vamos colocar alguns locais pelo mundo que não existem realmente, mas podem ser encontrados em diversos mapas.

Argleton

No nordeste da Inglaterra, algum cartógrafo batizou um campo vazio de Argleton. A localização foi tão utilizada que estava presente no Google Maps até 2009.

Moat Lane

Outra pegadinha, esta é uma estrada curva em Finchley, também na Inglaterra. Ao que aparece, ela surgiu no TeleAtlas e foi outro local adicionado ao Google Maps.

Lye Close

Esta é uma rua sem saída que não existe. O cartógrafo batizou a pegadinha de Lye Close. Como a rua em questão não tem continuidade, convenhamos que a "mentirinha" não machuca ninguém.

Kemp Ave

Em Toronto, esta rua não aparece no Bing Maps, porém ainda está presente no Google Maps. Ela não existe, mas, no site da Gigante das Buscas, passa atrás de algumas casas, como você pode ver na imagem.

As pegadinhas em mapas apenas servem para os serviços e seus autores descobrirem quem está copiando o trabalho em plataformas concorrentes. Assim, eles podem até abrir uma investigação e entrar com um processo.

E você? Já descobriu alguma rua ou local inexistente no mapa de sua cidade?

Cupons de desconto TecMundo: