Você já presenciou o espetáculo que é a aurora boreal? Não? O Google Maps quer resolver esse problema. A Gigante das Buscas vai nos fazer economizar uma boa grana em passagens (já que esse evento só pode ser visto no Hemisfério Norte do planeta) e deixar que contemplemos essa beleza seguros do frio e no conforto de nossas casas. As fotos foram tiradas no lago congelado Pitkäjärvi, na Finlândia.

A aurora boreal é um fenômeno natural visto apenas em latitudes setentrionais. Quem o batizou foi Galileu Galilei, em 1619, e o nome é a mistura de uma homenagem à deusa romana do amanhecer, Aurora, e da tradução em grego para “vento do norte”, Boreas (que também é o nome do filho da deusa).

Curta abaixo as imagens do Google Maps:

Epa! O sul também tem!

A verdade é que aqui, no Hemisfério Sul, também podemos curtir esse show de luzes da natureza. Contudo, chamamos de aurora austral, e ela tem características quase idênticas à sua contraparte do norte. O fenômeno pode acontecer até em outros planetas, como Júpiter, Saturno e Marte.

Auroras podem aparecer em vários formatos: pontos luminosos, faixas no sentido horizontal ou circulares. Porém, elas sempre estão alinhadas ao campo magnético terrestre e são geralmente vistas como um brilho esverdeado ou, às vezes, um vermelho fraco. O fenômeno ocorre graças a partículas carregadas que interagem entre si na atmosfera da Terra.

Obviamente que é muito mais legal ver essa maravilha ao vivo, mas até que foi uma boa ideia da Google trazer essa possibilidade para o seu mapa interativo, que é bem mais interessante que olhar apenas para uma foto. 

Cupons de desconto TecMundo: