Os amantes do Android e de outros produtos da Google sabem que está se aproximando um dos períodos mais importantes do ano para eles. Entre os dias 18 e 20 de maio, no conhecido Shoreline Amphitheatre, em Montain View (Califórnia, Estados Unidos), vai acontecer o Google I/O 2016, o maior evento da Gigante das Buscas no ano.

Como de costume, o evento será um verdadeiro parque de diversões para os fãs do robozinho verde. Lá estarão os principais desenvolvedores da plataforma, além de engenheiros, executivos e grandes nomes da Google que poderão revelar várias novidades interessantes acerca do ecossistema. Neste artigo, separamos os principais assuntos que os leitores poderão esperar do Google I/O 2016. É claro que o TecMundo estará presente neste evento e vamos cobrir ao vivo as principais apresentações. Portanto, fique ligado!

Android N

Como a Google havia prometido no evento de 2015, uma grande atualização chegaria ao sistema do robozinho verde a cada novo ano. Portanto, é de se esperar que novidades sobre o Android N sejam despejadas aos montes para o público, com direito a uma demonstração de como está a nova versão do sistema operacional para dispositivos móveis.

Android 7.0 também deve trazer como padrão o sensor de pressão

Como novidades, podemos esperar mais opções para gerenciamento de energia e uma novidade não tão incrível assim: o suporte a múltiplas janelas, algo que já existe em algumas interfaces customizadas faz muito tempo. Além disso, aquele que provavelmente se chamará Android 7.0 também deve trazer como padrão o sensor de pressão, algo que tem potencial para se tornar uma tendência nos próximos lançamentos.

Android Nutella: será que esse será o verdadeiro nome do Android N?

Embora isso ainda não tenha sido revelado de forma oficial, as apostas mais certeiras dizem que o Android N se chamará Nutella, o conhecido creme de chocolate com avelãs. Entretanto, outros nomes também têm ganhado força recentemente, como Neapolitan, Nut Cream e Nougat.

Android Auto

Com o crescimento cada vez mais expressivo na demanda por carros inteligentes, é muito provável que a Google revele novidades sobre o Android Auto na edição de 2016 do Google I/O. O sistema, que chegou apenas recentemente por aqui, deve aumentar ainda mais a lista de compatibilidade e modelos de carros disponíveis.

Novas ferramentas também devem ser apresentadas, especialmente se considerarmos os esforços da Google para desenvolver um carro autônomo. É improvável que já vejamos uma aplicação 100% prática desse conceito, mas a empresa deve querer manter o público sedento por essa novidade. O Waze, companhia que faz parte da Alphabet, a holding de empresas da Google, também deve receber atualizações referentes ao Android.

Android Auto também deve receber novidades

Project Ara

Já faz algum tempo que ouvimos falar sobre o Project Ara, a iniciativa da Google de disponibilizar um smartphone modular. Embora a empresa tenha tentado começar as vendas em uma ação em Porto Rico – que foi prejudicada por conta de problemas operacionais –, parece que 2016 vai ser realmente o ano em que esse projeto ganhará vida.

Essa é a aposta da conta oficial do Project Ara no Twitter, que já divulgou que 2016 é o ano para a chegada do smartphone modular. Sendo assim, o Google I/O é o palco perfeito para apresentar esse novo conceito para os consumidores e mostrar aos desenvolvedores/fabricantes como aproveitar essa tendência.

Android Wear

O ano de 2015 foi um período importante para os smartwatches da Google. Foi durante o ano passado que vários modelos novos equipados com Android Wear chegaram ao mercado, embora não tenham conquistado todos os consumidores na mesma intensidade. Além de mais opções, o sistema operacional também ficou mais encorpado, ganhando funções que tornaram o acessório mais independente do smartphone.

É improvável que a Google não mostre novidades sobre o Android Wear no evento, especialmente porque essa ainda é uma aposta que pode dar certo. O público ainda está se acostumando à ideia de usar um dispositivo vestível inteligente, o que deve tornar o mercado de smartwatches cada vez mais quente. Como novidade, a compatibilidade deve ser a principal bandeira do SO, visto que no ano passado o iOS também ganhou suporte ao Android Wear.

Android Wear

Android VR

A Google parece estar planejando um novo dispositivo de realidade virtual baseado no Android. Há alguns rumores indicando para essa possibildiade, alguns deles vindos da própria companhia. Porém, como será esse aparelho?

Há quase um ano, o The Wall Street Journal relatou que a Google traria um dispositivo de realidade virtual baseado em Android. Agora, em feveriro, o Financial Times trouxe a informação de que esse aparelho operaria de forma muito semelhante ao Gear VR, permitindo que os usuários colocassem o celular nele. A ideia é funcionarem de forma semelhante ao Google Cardboard, mas com funções mais avançadas.

De acordo com alguns rumores, é praticamente certo que o Android VR será oficialmente apresentado durante o Google I/O 2016. As informações compartilhadas até agora afirmam que o dispositivo será "melhor" que o Gear VR e não tão bom quanto o Oculus Rift e HTC Re Vive. E você, o que acha?

Internet das Coisas

Em 2014, a Google deu o maior passo que poderia em direção ao conceito de Internet das Coisas. Com a aquisição da Nest por US$ 3,2 bilhões, a Gigante das Buscas admitiu ao mundo que vai entrar com tudo nesse negócio. No Google I/O 2015, a companhia revelou o Project Brillo, um sistema operacional com o objetivo de facilitar o desenvolvimento de aplicações com suporte para diferentes dispositivos.

Ainda no mesmo ano, o OnHub, um conjunto de hardware e software especialmente construído para se adequar ao conceito de Internet das Coisas, também foi apresentado. Em 2016, é muito provável que a Google revele ainda mais novidades acerca desse conceito, apresentando mais dispositivos e sistemas, além de estender o suporte para outros aparelhos.

Chrome OS

A convergência entre o Chrome OS e o Android deve ficar ainda mais evidente com as revelações do Google I/O 2016. A empresa já disse estar comprometida com os dispositivos Chromebook que rodam o sistema operacional para notebooks, mas a tendência é que os dois SOs se unam em um único ecossistema.

É muito provável que, ao menos por enquanto, as ações para convergir esses dois sistemas operacionais sejam mais sutis. Uma delas provavelmente será permitir que o Chrome OS consiga rodar nativamente qualquer aplicativo da Google Play, aumetando bastante a oferta de apps para essa plataforma e incentivando os programamadores a desenvolver cada vez mais para dispositivos com tela grande.

Mensageiros e chat bots

Os mensageiros estão em alta no momento. Por conta disso, alguns rumores sugerem que a Gigante das Buscas esteja investindo em um aplicativo para rivalizar contra o WhatsApp, permitindo a troca rápida de mensagens entre os usuários. A medida provavelmente substituiria o Hangouts como programa de comunicação principal da companhia, preparando o programa para a "aposentadoria".

A utilização de chat bots também seria uma das grandes novidades desse aplicativo de mensagens. Graças a essa adição, que já foi apresentada como uma ferramenta para o Messenger do Facebook, os usuários poderiam interagir com robôs para realizar uma série de ações, como buscas, compras, reservas e muito mais.

Quais são as suas expectativas para o Google I/O 2016? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: