Já existem vários smartphones Android que contam com leitores de impressões digitais no mercado. Contudo, eles raramente permitem realizar atividades mais variadas além de desbloquear a tela e fazer compras aqui e ali. A Google quer mudar isso e, no Android M, incluiu o suporte nativo à leitura de impressões digitais.

Dessa forma, o novo SO vai padronizar os sistemas biométricos em todos os smartphones que utilizarem a plataforma. Isso vai permitir também que mais desenvolvedores de apps de segurança e de pagamentos possam utilizar a biometria como uma opção para seus usuários. Isso quer dizer que o suporte nativo a esse método no Android M será “aberto”.

Apps de bancos, lojas virtuais, clubes de compras e outras ferramentas que lidam com dados sensíveis poderão se integrar a essa ferramenta e tornar o uso do Android mais prático. A Google vai liberar uma API para tornar isso possível. Contudo, até o momento, não há datas específicas para tal.

Fique ligado na cobertura do TecMundo sobre a Google I/O 2015 para saber tudo sobre o novo Android.

Cupons de desconto TecMundo: