(Fonte da imagem: Reprodução/Tecmundo)

O Google I/O é uma conferência voltada principalmente para os desenvolvedores. Por isso, não existe lugar melhor para a apresentação do Android Studio, a nova interface de produção de aplicativos para o sistema operacional que promete melhorar o trabalho de quem ganha a vida construindo softwares para celulares e tablets.

De acordo com Hugo Barra, vice-presidente da divisão Android do Google, as novidades apresentadas hoje são apenas a ponta do iceberg. As adições visam melhorar o faturamento de quem vende aplicativos pagos e facilitar o processo de tradução, de forma que os softwares sejam publicados em mais lojas internacionais.

Existem, por exemplo, ferramentas que permitem o rastreamento de anúncios exibidos, possibilitando que o desenvolvedor descubra que tipo de propaganda é mais lucrativo junto ao público. Além disso, o Android Studio vai dar dicas para otimizar os aplicativos construídos e melhorar o faturamento.

Muito apreciada pelos produtores presentes no Google I/O foi a possibilidade de liberação de versões Beta dos aplicativos. Lançamentos em fases também são permitidos, com o desenvolvedor escolhendo grupos de usuários para receberem determinadas atualizações ou softwares completos.

Por fim, há ainda um novo console focado exclusivamente em traduções, com ferramentas especializadas para esse fim. O upload de arquivos de linguagem também foi facilitado. Mais novidades sobre o Android Studio devem ser reveladas nos próximos meses.

Cupons de desconto TecMundo: