(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

Durante o evento Google I/O, todas as pessoas que entrarem no Moscone Center vão ter cada um de seus movimentos registrados pela empresa. Para isso, vai ser usada uma rede de sensores baseadas no controlador Arduino que se mostra capaz de captar informações de um ambiente e transformá-las em dados visuais.

O experimento faz parte do projeto conhecido como “Data Sensing Lab”, que será capaz de analisar aspectos como a qualidade e a umidade do ar, a intensidade de sons e o tráfego de humanos por cada canto do local. Tudo o que for captado pelos equipamentos vai ser exibido diretamente aos visitantes através de painéis espalhados pelo salão de conferências da Google.

A iniciativa é a primeira consequência da absorção que a empresa fez do time da Behavio, companhia especializada em coletar dados ambientais. A intenção é que futuramente informações do tipo possam ser usadas para ajustar automaticamente a temperatura de uma sala e para criar estatísticas sobre quais localizações de uma construção se mostram mais populares.

Segundo a Google, todas as informações quanto aos códigos de programação e as especificações técnicas dos dispositivos Arduino vão ser tornadas públicas após o fim do evento. Assim, a empresa pode até estar observando seus visitantes, mas ao menos vai dar a todo o mundo a chance de proceder de maneira semelhante.

Cupons de desconto TecMundo: