Ao contrário do que várias especulações e rumores davam a entender, o Google Glass não é um projeto considerado “morto” pela Google. Segundo informações obtidas pelo site Re/code, a companhia simplesmente deixou de lado temporariamente os consumidores finais e passou a se focar em explorar o mundo corporativo.

Segundo o veículo, um novo modelo do dispositivo, que já foi distribuído a empresas parceiras, deve ser apresentado oficialmente até o final deste ano. O produto em questão vai poder ser dobrado como um par de óculos tradicional e deve apresentar um acabamento mais resistente e apto ao uso externo.

Ao contrário dos modelos anteriores, o dispositivo deve exibir informações em uma tela adicional, em vez de concentrá-las diretamente na lente do produto. O novo responsável pelo projeto, Tony Fadell, está em contato constante com parceiros para descobrir métodos de melhorar o software e o hardware da novidade.

Até o momento, não há detalhes específicos sobre o preço ou data de lançamento da próxima atualização do Glass, mas tudo indica que ele deve custar bem menos que os US$ 1,5 mil do produto original. Outro indício de que a Google continua a levar o projeto a sério é o fato de que, desde abril deste ano, a empresa congelou qualquer espécie de transferência de membros do time responsável para outros setores.

Cupons de desconto TecMundo: