(Fonte da imagem: Reprodução/Engadget)

Na última quinta-feira (16), durante uma sessão intitulada “Voiding your Warranty” (perdendo sua garantia, em uma tradução livre), funcionários da Google demonstraram como fazer o root do Glass. Parte das atrações da edição 2013 do evento I/O, a exibição ensinou como instalar o sistema operacional Ubuntu no dispositivo.

Modificar o aparelho permite abandonar sua interface-padrão e utilizar a versão-padrão do Android em seu lugar. O processo envolve o envio de algumas APKs para o dispositivo e o pareamento dele com um teclado e um trackpad através de uma conexão Bluetooth. Feito isso, é possível ganhar acesso a todas as funções da plataforma e instalar um bootloader.

Para instalar o Ubuntu, é preciso usar aplicativos como o Android Terminal Emulator e o Complete Linux Installer. Depois de realizar a versão desejada da plataforma (o Ubuntu, no caso), basta usar SSH ou VNC para acessá-lo através do próprio Glass. Caso você esteja interessado em repetir o processo, basta acessar o site oficial do Google I/O 2013 para obter mais detalhes (listado como uma de nossas fontes).

Glass Developer Kit

Durante as sessões relacionadas ao Glass, a Google anunciou que vai mudar a forma como ocorre o desenvolvimento de aplicativos para o produto. No lugar da Mirror API, que só permite a criação de softwares que possuam alguma função online, vai entrar o Glass Developer Kit, ou simplesmente GDK.

Segundo a empresa, a novidade vai permitir que aplicativos feitos para Android rodem diretamente no hardware do acessório. Com isso, será possível utilizar um número maior de funcionalidades que dispensam uma conexão constante com a internet — infelizmente, a companhia não divulgou quando a plataforma vai ser lançada, se limitando a afirmar que ela chegará “em algum momento do futuro”.

Cupons de desconto TecMundo: