Ampliar (Fonte da imagem: Reprodução/Engadget)

E lá vamos nós de novo assistir a mais uma briga de patentes. Depois de toda a novela envolvendo Apple e Samsung e mais outros embates menores, chegou a hora de a Google ser acusada de utilizar uma tecnologia pertencente a outra companhia. Desta vez, no entanto, as cutucadas vêm diretamente de um dos homens mais ricos do Japão.

Durante uma palestra sobre suas previsões para o futuro da tecnologia para os próximos 30 anos, o bilionário CEO da SoftBank Mobile Corp, Masayoshi Son, afirmou que sua companhia já possui a patente daquilo que ele considera uma das principais revoluções na comunicação nas décadas seguintes: a utilização de óculos de realidade aumentada que tragam legendas em tempo real daquilo que é falado em um idioma estrangeiro.

Reconheceu? Esse recurso é um dos principais atrativos do vindouro Google Glass. O site Engadget foi atrás da comentada patente e descobriu que ela realmente traz algumas similaridades com aquilo que a Google apresentou, mas não se trata exatamente do mesmo produto, o que pode ser usado como argumento para evitar um embate judicial mais sério.

Além disso, há quem acredite que nem mesmo o próprio Son esteja falando sério. Se ele realmente tivesse a intenção de comprar briga com a companhia norte-americana, ele certamente já teria feito — lembre-se: ele é um bilionário, e contratar advogados não deve ser um problema.

Desse modo, é muito mais provável que ele tenha apenas cutucado a empresa. Ou isso ou teremos uma nova guerra sendo travada em breve.

Cupons de desconto TecMundo: