Bar dos EUA proíbe Google Glass antes mesmo de o produto ser lançado

1 min de leitura
Imagem de: Bar dos EUA proíbe Google Glass antes mesmo de o produto ser lançado
Avatar do autor

"Eu estou filmando você" (Fonte da imagem: Reprodução/Marcus Pessoa)

O Google Glass ainda nem foi lançado, mas seu uso já causa polêmica. Prova disso é a sua proibição em um estabelecimento de Seattle, Estados Unidos. O bar conhecido como The 5 Point Cafe anunciou através do Facebook que é o primeiro negócio da cidade (e talvez do mundo) a restringir os óculos de realidade aumentada, prometendo expulsar os infratores.

As preocupações de David Meinert, proprietário do local, giram em torno da privacidade dos frequentadores do bar, é claro, já que o Google Glass é capaz de gravar facilmente o mundo ao seu redor de uma maneira discreta.

De acordo com Meinert, a medida se deve ao fato de que os clientes do estabelecimento não querem ser reconhecidos e não pretendem ser filmados secretamente, sendo que o vídeo pode ser postado imediatamente na internet.

Até o momento, apenas alguns programadores e funcionários do Google estão usando os óculos, que se encontra ainda em estágio de testes. O Google também lançou um concurso para que alguns felizardos americanos possam adquirir os óculos, mediante pagamento de 1,5 mil dólares.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Bar dos EUA proíbe Google Glass antes mesmo de o produto ser lançado