(Fonte da imagem: Reprodução/Patent Bolt)

Ele ainda não chegou ao mercado, mas já faz tanto sucesso que informações sobre a sua segunda geração já vazaram: segundo registros de patente, o Google Glass já tem uma nova geração sendo projetada e ela deve contar com displays para ambos os olhos, aparentemente com projeções sobre lentes.

O projeto – que está sendo liderado por Sergey Brin, cofundador da Google – foi registrado no U.S. Patent & Trade Office, escritório de registro de marcas e patentes nos Estados Unidos, e traz o nome de Google Project Glass Part 2, ou seja, uma segunda parte do projeto Google Glass.

Os óculos de dois displays devem criar uma experiência de realidade aumentada que supera a sua primeira geração. Segundo a análise do Slash Gear, o projeto registrado do gadget é extremamente detalhado, o que indica que a precisão nos aparelhos é essencial para que ele se adapte perfeitamente a qualquer pessoa, gerando uma experiência agradável a todos.

A maior preocupação da Google agora seria sobre o alinhamento das imagens para que não haja uma deformação no conteúdo. Algumas alterações no quadro podem fazer com que o resultado seja o esperado, assim como um sensor fotodetector adicionado pela Google na nova geração do aparelho ajudaria a medir a distância entre os displays direito e esquerdo.

É impossível negar que o Google Glass já faz brilhar os olhos de seus possíveis consumidores, mesmo com um preço um pouco salgado (cerca de US$ 1.500), mas uma segunda geração com ainda mais recursos e displays para ambos os olhos é tão atraente que pode desmotivar a compra da primeira leva do aparelho. A Google ainda não se manifestou sobre as patentes “segunda parte” do projeto Google Glass.

Cupons de desconto TecMundo: