Será que os "teclados" do Google Glass vão ser parecidos com o OmniTouch da Microsoft? (Fonte da imagem: Reprodução/ARS Technica)

As notícias que a Google vem mostrando sobre seus óculos inteligentes, o Google Glass, juntamente com inúmeros rumores sobre o aparelho aguçam cada vez mais a curiosidade do público. Contudo, uma dúvida foi levantada por alguns sobre como as pessoas irão inserir dados no dispositivo. Até agora, o único meio que a companhia admite utilizar é o reconhecimento de voz, o que pode ser um tanto inconveniente em muitas situações.

Agora, uma patente registada pela companhia, já no ano passado, começou a chamar a atenção da imprensa internacional. Trata-se de uma forma de projetar teclados em qualquer superfície através de lasers. Como isso funcionaria de fato, não é muito certo. Ainda assim, algumas pessoas apostam que essa tecnologia seria o método de entrada auxiliar que equiparia o Google Glass.

Como tudo isso não passa de rumores inferidos a partir de observações de arquivos de patentes da empresa, a Google não comentou sobre o tópico. Mesmo assim, não é difícil imaginar que o novo aparelho da companhia chegue ao mercado com essa tecnologia ou com alguma muito similar, como é o caso do Microsoft OmniTouch, um teclado que pode ser projetado até mesmo em partes do nosso corpo (foto).

Confira aqui todos os detalhes da patente que iniciou os boatos sobre o possível teclado projetado por lasers para o Google Glass.

Cupons de desconto TecMundo: