Tirar foto daquela foto antiga impressa só para ter no seu celular? Esqueça isso: seguindo as tendências do mercado, a Google lançou o seu próprio app que permite a você digitalizar completamente aquelas gravuras que ficam no fundo de seu baú de pertences: o PhotoScan. É isso mesmo: basicamente, você insere essas fotos dentro do rolo do seu smartphone – e em alta resolução – para nunca mais correr o risco de perder a lembrança e, de lambuja, poder postar nas redes sociais com qualidade à altura.

Antes da era digital, só para refrescar vossas memórias, essas fotos eram reveladas e guardadas em alguns porta-retratos, gerando um obstáculo para o app cumprir sua função por completo. Existem mais de 2 trilhões de fotos impressas que, muitas vezes, são as mais importantes de nossas vidas, seja por carregarem memórias de pessoas ou por relembrarem momentos únicos. O TecMundo compareceu ao escritório da Google, a convite da empresa, para conferir, de antemão, esse lançamento.

Praticidade e utilidade

O aplicativo é muito simples de ser utilizado. Basta o usuário tirar uma foto da gravura impressa, alinhá-la dentro do quadro, conectar os quatro pontos que aparecem na tela e seguir um guia simples no próprio app.

É um processo parecido com aquele que você faz na hora de informar seu número do cartão de crédito: enquadre a parte frontal e o serviço resgata todas as informações necessárias. Mesmo que a foto tenha sido digitalizada de cabeça para baixo, ela vai girar automaticamente da maneira correta e, o mais importante, sem brilho ou reflexo.

Machine learning

Essa “inteligência” nada mais é do que o resultado do Machine Learning do Google, que traz aos usuários a melhor versão digital possível. Ele permite corrigir o aspecto da foto, girá-la, aplicar realce, ajustar o equilíbrio de brancos e, o mais complicado de todos, remover o reflexo. Ao posicionar o aparelho nos quatro pontos indicados, você captura diferentes quadros da mesma imagem, que serão combinados para gerar uma gravura final.

Quanto mais você usa, mais inteligente o sistema fica, e isso vale para pessoas que você marca nas fotos, locais, objetos etc. À medida que você faz isso, o app “decora” quem é o quê em cada foto sem que você precise se preocupar com isso.

Novidades no Google Fotos

O PhotoScan, convém lembrar, é um aplicativo que deve ser baixado avulsamente; não se trata de um recurso integrado ao Google Fotos. “Preferimos optar por fazer assim porque é um uso mais esporádico. Do ponto de vista do desenvolvimento e da facilidade de uso, foi melhor”, disse a Google.

O Google Fotos em si também ganhou duas novidades bem bacanas: os filtros “Tom de Pele” e “Azul Intenso”, que buscam ajustar, como os próprios nomes sugerem, tons de pele e de azul nas fotos para dar mais realce a essas cores.

As fotos que você digitalizar no PhotoScan podem ser diretamente enviadas ao Google Fotos, tudo logado em sua conta, dentro do ecossistema da empresa, que reforçou seu compromisso em oferecer todos esses recursos gratuitamente para aprimorar a experiência de sua base de usuários.

O PhotoScan e as novidades do Google Fotos já podem ser baixadas em qualquer smartphone. Conte-nos o que você achou das mudanças na seção destinada aos comentários, logo adiante.

Cupons de desconto TecMundo: