Lançando a pipa ao ar

Fonte da imagem: Tahina Expedition Photos - Picasa Web

Frank Taylor, além de contribuir para o Google Earth com fotos de suas viagens, também está utilizando sua pipa para fazer fotos aéreas. Além, de ser um profissional com diversas graduações, inclusive em física e astronomia, ter trabalhado na NASA, entre outras atividades em seu impressionante currículo, teve uma ideia muito criativa.

Ele instalou uma câmera fotográfica a uma pipa, conseguindo capturar imagens de lugares que, inclusive, ainda não constavam nos mapas do Google Earth. Por serem tiradas de um ângulo superior, as imagens possuem maior amplitude, passando até a sensação de espaço e tamanho dos lugares nos quais foram registradas.

Pequena ilha no Caribe

Fonte da imagem: Google Earth

Para a estabilização no ar, é utilizada uma pipa grande, confeccionada com material resistente. Os primeiros testes de imagem foram feitos em um estacionamento (com fotografias não tão impressionantes) para depois seguir para as fotos que agora podem ser vistas no Google Earth. Assim que a pipa está na altura necessária, a máquina é acionada por um controle remoto, registrando as imagens do ângulo (e ponto de vista) do equipamento.

Com isso, Frank Taylor conseguiu imagens de uma pequena ilha do Caribe que ainda não era registrada pelo serviço, bem como diversas outras imagens obtidas em suas expedições.

Cupons de desconto TecMundo: