Agora qualquer desenvolvedor pode fazer apps de VR para o Google Daydream

1 min de leitura
Imagem de: Agora qualquer desenvolvedor pode fazer apps de VR para o Google Daydream
Avatar do autor

Quando lançou a plataforma Daydream, durante a I/O 2016, a Google explicou que, por alguns meses, apenas apps de alguns desenvolvedores parceiros estariam presentes e que, em 2017, ela seria aberta para todos criarem e distribuírem seus apps de realidade virtual. A companhia cumpriu essa promessa hoje e publicou algumas instruções no seu site para desenvolvedores.

A Google fará uma avaliação de qualidade de todos os apps submetidos à publicação

O procedimento de publicação é praticamente o mesmo de um app comum na Google Play, mas existem algumas exigências extras a serem cumpridas. Por exemplo, a Google fará uma avaliação de qualidade de todos os apps submetidos à publicação, a fim de criar um padrão mínimo de qualidade para os apps e games da loja do Daydream. Há inclusive uma página do site de desenvolvedores que alerta sobre isso e explica quais são as diretrizes para alcançar a qualidade mínima necessária.

Cada aplicação deve contar com alguns recursos padronizados, como ícones para indicar VR e o PhotoSphere em 360°. Todos ainda precisam ter a possibilidade de configurar a intensidade de movimento dentro da interface, para permitir que o usuário se adapte melhor ao ambiente virtual sem passar mal.

Se você é um desenvolvedor e estava esperando a oportunidade de colocar seu game ou app no Daydream, confira todas as diretrizes da Google aqui.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Agora qualquer desenvolvedor pode fazer apps de VR para o Google Daydream