Imagem de: Médicos usam Google Cardboard para salvar a vida de uma criança nos EUA
Fonte: UploadVR

Médicos usam Google Cardboard para salvar a vida de uma criança nos EUA

1 min de leitura
Avatar do autor

Uma criança chamada Teegan Lexcen teve sua vida salva por uma equipe de médicos do Hospital Infantil Nicklaus, em Miami, EUA. Ela nasceu com má formação do coração e com apenas um dos pulmões no peito. Por isso, precisava ser operada, mas as imagens apenas em 2D dos cardiogramas não ajudavam muito no planejamento da cirurgia. Para resolver o problema, os médicos usaram um Google Cardboard.

A ideia de utilizar o equipamento de VR da Google foi do Dr. Juar-Carlos Muniz, que converteu uma série de imagens 2D de cardiogramas em um modelo tridimensional. Em seguida, ele carregou o arquivo no app do Cardboard em seu iPhone e colocou o smartphone no aparelho de VR.

Com isso, o médico que iria fazer a cirurgia, o Dr. Redmond Burke, pôde calcular com precisão onde faria as primeiras incisões e ainda ter uma visão privilegiada do estado dos órgãos da garota. Veja o modelo 3D do peito da garota:

Teegan passou por uma operação de sete horas para corrigir parte dos problemas de má formação e agora passa bem. Ela ainda se recupera, mas, se não fosse por uma ideia astuta de um médico e pela acessibilidade do Cardboard, a menina talvez não tivesse sobrevivido à operação.

Você já utilizou alguma vez o Google Cardboard? Comente no Fórum do TecMundo

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Veja também
Médicos usam Google Cardboard para salvar a vida de uma criança nos EUA